Robert De Niro depõe como testemunha em caso de estupro

O ator depôs como testemunha em um caso de estupro no qual um editor teria atacado uma jornalista que acompanhava o artista na Índia

Nova Deli – O ator americano Robert De Niro depôs como testemunha em um caso de estupro no qual um editor teria atacado uma jornalista que acompanhava o artista em uma viagem para a Índia, informou nesta terça-feira a imprensa local.

Robert De Niro enviou seu depoimento por e-mail por meio do escritório de advocacia nova-iorquino Harvey & Hackett, cinco meses depois da polícia do estado indiano de Goa entrar em contato com o ator, segundo fontes citadas pelo jornal local “The Indian Express”.

Em novembro de 2013, uma jornalista da revista indiana “Tehelka”, que acompanhava o ator em sua visita a Goa, acusou o editor da publicação, Tarun J Tejpal, de estuprá-la durante a realização do Think Fest, festival cultural realizado anualmente neste estado.

Robert de Niro respondeu a um questionário para confirmar a presença da jornalista, que atuava como acompanhante da estrela de Hollywood e de sua filha Dreena durante os três dias do festival no hotel Grand Hyatt, localizado no litoral de Goa.

O depoimento do ator fará parte do inquérito policial que será apresentado a um tribunal de Panaji, capital de Goa, e foi solicitado de acordo com um artigo da legislação indiana aplicável a “testemunhas fora do país”.

A resposta de Robert De Niro é determinante para esclarecer onde estava a vítima no momento do suposto estupro, que segundo a acusação aconteceu em um elevador do hotel.