Rihanna vence processo contra uso da sua imagem em camiseta

Camiseta com foto de cantora começou a ser vendida em março do ano passado

Londres – A cantora Rihanna venceu nesta quarta-feira um processo judicial contra a rede britânica de varejo Topshop pela venda de camisetas que usavam a imagem dela sem autorização.

O juiz Colin Birss, da Alta Corte britânica, pronunciou-se a favor de Rihanna após quatro dias de audiências realizadas neste mês.

Em março do ano passado, a Topshop, pertencente ao Grupo Arcadia, do bilionário Philip Green, começou a vender um modelo de camiseta estampada com uma foto de Rihanna tirada na época em que ela gravou um clipe na Irlanda do Norte. A empresa tinha autorização do fotógrafo, mas não da artista.

A Topshop não se pronunciou de imediato sobre a condenação.