Ricos aliviam ansiedade com kit de emergência de US$ 4.995

Mercado de bem-estar para ricos fatura com pandemia de coronavírus

Alguns americanos encontraram certa segurança contra o coronavírus com o estoque de álcool gel e papel higiênico. Para outros, a paz é conseguida com a compra de uma bolsa de emergência de 4.995 dólares, equipada com dispositivos ao estilo James Bond e monograma personalizado.

Ou um purificador de ar pessoal de “eliminação de vírus” de 149,95 dólares, usado como um colar. Ou o produto “Safe Heaven”, da Sanitized Sleeper, um saco para dormir por 99,95 dólares feito de “tecido antimicrobiano patenteado que mata quase 100% de bactérias, fungos e vírus”.

Esses itens fazem parte de uma série de produtos de sobrevivência que flutuam no extremo rarefeito do mercado de bem-estar, que movimenta 4,5 trilhões de dólares. Com a propagação da pandemia, esses produtos estão esgotados, com pedidos pendentes ou em falta no estoque. Assim como o papel higiênico.

“Nossas prateleiras dos depósitos estão quase vazias”, diz Ryan Kuhlman, cofundador da Preppi, fabricante de kits de desastre sofisticados, incluindo a bolsa de emergência, que vem com quatro máscaras N95, agora muito procuradas. As vendas da Preppi neste mês aumentaram 5.000% em comparação com fevereiro. “Ter as ferramentas e os suprimentos certos pode proporcionar um alívio incrível da ansiedade.”