Reynaldo Gianecchini deixa hospital nesta sexta-feira

Ator começou a fazer quimioterapia na última segunda-feira para tratar um câncer linfático

São Paulo – O ator Reynaldo Gianecchini deixou o Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, no começo da tarde desta sexta-feira, onde estava internado desde o início do mês. Na última segunda-feira, ele começou a quimioterapia para tratar de um linfoma não-Hodgkin de células T (um tipo raro de câncer que afeta o sistema linfático).

Na saída do hospital, Gianecchini estava sorridente e agradeceu o carinho dos fãs nesse momento de dificuldade. Ele afirmou também que, a partir de agora, ficará mais recolhido, mas que isso não significa que ele vai se afastar das pessoas. Quando entrou no carro, na porta do hospital, ele foi aplaudido pelos presentes.

O ator reagiu bem ao tratamento, iniciado na segunda-feira, e se recuperou rapidamente dos efeitos colaterais. A quimioterapia deveria ter começado antes, mas foi adiada devido a um sangramento durante a colocação de um cateter, no último sábado. Ele chegou a ser transferido para a UTI e teve que tirar coágulos de sangue que se alojaram entre as pleuras, membranas que cobrem os pulmões.