3 resorts brasileiros que aceitam pets como hóspedes

Hospedagem dos animais dá direito a "mimos". Confira regras e preços

São Paulo – Viagens costumam gerar dor de cabeça para os donos de animais de estimação. A preocupação com o pet costuma atrapalhar o descanso tanto de quem opta por um hotel especializado como quem prefere deixar o cachorro com amigos e familiares. Além disso, deixar o “amigão” de fora de um momento de diversão não parece a coisa certa a se fazer.

Pensando no apego dos donos pelos bichos e na comodidade dos hóspedes, alguns resorts estão aceitando receber os animais, com direito a mimos.

No Rio de Janeiro, o Le Canton recebe os pets com o “kit dog”, que inclui pote para ração e cama. Eles devem ficar acomodados no quarto do hóspede, mas também podem circular pelas áreas sociais.

O La Torre Resort, localizado na Praia do Mutá, em Porto Seguro (BA), também é pet friendly. O hotel tem uma área de 30 mil metros quadrados com jardins e áreas verdes. P hotel tem apartamentos de 120 metros quadrados e vilas de até 180 metros quadrados.

Já o Royal Palm Plaza Resorts, localizado em Campinas (SP), oferece, desde 2016, caminha, comedor, bebedouro e tapete higiênico para os hóspedes caninos. Além disso, oferece um gramado para o animal se divertir.

Contudo, há regras para a entrada dos animais nos hotéis. Além disso, são cobradas taxas pela estadia do animal. Veja abaixo quais são elas:

Le Canton

Aceita pets de até 15 quilos e cobra uma taxa de R$ 50 por dia, com limite de um animal por apartamento. Os bichos devem chegar ao estabelecimento no colo ou em uma bolsa.

La Torre Resort

Permite a hospedagem de bichos de estimação com peso máximo de 10 quilos e com a carteira de vacinação em dia.

Royal Palm Plaza Resort

Permite a entrada de cães com até 10 quilos e maiores de 3 meses, mas apenas nas categorias de quarto Luxo e Super Luxo. É necessário que estejam com todas as vacinas em dia. É cobrado R$ 220 + 5% ISS por diária do animal. O valor inclui a higienização do apartamento após a saída e o empréstimo de itens de alimentação, entre outros.