Reg Presley, voz da banda The Troggs, morre aos 71 anos

O líder da banda de rock britânica morreu aos 71 anos após uma longa batalha contra um câncer de pulmão

Londres – O líder da banda de rock britânica The Troggs, Reg Presley, morreu ontem, segunda-feira, aos 71 anos após uma longa batalha contra um câncer de pulmão, confirmou hoje sua família.

O intérprete de “Wild Thing” morreu em sua casa de Andover (sul da Inglaterra) cercado por seus familiares e amigos, informou pelo Facebook o publicitário Keith Altham.

Mais tarde, a filha do cantor e compositor, Karen, confirmou a morte no site musical “WENN”: “Ele se foi em paz em casa, em companhia minha, do meu irmão e de nossa mãe. Temos o coração absolutamente arrasado”, declarou.

Presley anunciou que haviam detectado um câncer de pulmão em janeiro de 2012 após se sentir indisposto em dezembro de 2011 durante um show na Alemanha, o que obrigou a sua hospitalização.

“As provas mostraram que de fato tenho câncer de pulmão. Estou recebendo um tratamento de quimioterapia e por enquanto não me estou muito mal”, informou há um ano o cantor, que aproveitou para anunciar sua aposentadoria dos palcos.

O britânico fundou The Troggs na década de 1960 e o grupo de rock ganhou fama com “Wild Thing” e, mais tarde, com “With a Girl Like You” e “Can”t Control Myself”.

“Wild Thing” também foi sucesso nos Estados Unidos, sendo interpretado por outros artistas, como Jimi Hendrix e Bruce Springsteen.

Sua popularidade diminuiu nos anos 1970, mas os anos 1990 significaram um novo impulso para a banda, já que grupos como o REM e Wet Wet Wet gravaram versões do tema “Love Is All Around”, de 1967.