Quase pronto o projeto de Niemeyer nas Astúrias

São Paulo – Já entrou na reta final a construção do Centro Cultural Internacional Oscar Niemeyer, na cidade de Avilés, principado de Astúrias, na Espanha. A instituição ganhou do próprio Niemeyer – com 103 anos – o projeto arquitetônico, como retribuição do prêmio recebido pelo brasileiro em 1989 pela Fundação Príncipe de Astúrias.

No próximo mês de agosto, haverá uma visitação ao interior da construção, praticamente concluída. Numa área construída de 14 mil metros quadrados, o Centro Cultural Internacional Oscar Niemeyer tem um museu e um auditório, ambos separados por uma praça mas ligados por uma passarela. Ao fundo deles, o arquiteto projetou um bloco de administração envidraçado, com o intuito de disciplinar os dois locais.

Além das formas cheias de curvas – bem características do arquiteto -, cada ambiente ganha uma funcionalidade. O auditório, com capacidade para duas mil pessoas, é aberto e permite que as pessoas fora dele também possam se divertir com a apresentação. Já o museu foi projetado para contrastar a simplicidade da cúpula externa com um ambiente interno moderno. Orçada em 30,5 mi de euros, a instituição deverá ser inaugurada em 2011.