Polícia prende 5 torcedores franceses no Maracanã

A confusão começou depois que os franceses tentaram sentar em lugares para os quais não tinham ingresso, no Setor A

Rio – Cinco franceses foram detidos dentro do Maracanã, nesta sexta-feira, na primeira intervenção da Polícia Militar no estádio do Rio de Janeiro na Copa do Mundo.

Um deles ficou ferido na cabeça na partida entre Alemanha e França, pelas quartas de final. Eles foram levados para o Juizado Especial Criminal (Jecrim).

De acordo com o tenente-coronel João Fiorentini, comandante do Grupamento Especial de Policiamento em Estádio (Gepe), a confusão começou depois que os franceses tentaram sentar em lugares para os quais não tinham ingresso, no Setor A.

“Eles queriam torcer juntos e começaram a tentar coagir os outros torcedores a mudarem de lugar, de maneira incisiva”, contou.

Os torcedores incomodados pelos franceses chamaram os seguranças da Fifa, que não conseguiram convencê-los a voltarem para os seus lugares.

O Gepe então foi acionado. Seis policiais militares abordaram os franceses e teve início uma discussão.

“Ele tentou agredir o policial e foi ferido. Não sei se ele caiu e bateu a cabeça na cadeira, ou se na tentativa de contê-lo, ele foi atingido pelo bastão”, afirmou Fiorentini.