Pistorius não participará de competições este ano

"Ele decidiu não retornar às pistas e não participar de competições até o fim do ano", explicou seu agente, Peet van Zyl

Johannesburgo – O campeão de atletismo paralímpico sul-africano Oscar Pistorius, acusado do assassinato de sua namorada, não participará de competições este ano, indicou seu agente nesta segunda-feira, a duas semanas de sua reapresentação à Justiça.

“Ele decidiu não retornar às pistas e não participar de competições até o fim do ano”, explicou Peet van Zyl à AFP.

“Claramente, ele não está pronto para isso física e mentalmente”, acrescentou, indicando que o atleta deve, de qualquer maneira, se dedicar a preparação de seu julgamento.

Van Zyl lembrou que á havia cancelado a participação de seu pupilo em todas as competições até julho. “Desde então, não pensamos em qualquer evento”, afirmou.

Oscar Pistorius, de 26 anos, é acusado de ter matado a sua namorada, Reeva Steenkamp, na madrugada do Dia de São Valentim, em 14 de fevereiro. Ele foi libertado depois de pagar fiança e pode, teoricamente, pedir a restituição de seu passaporte para participar de competições o exterior.

O atleta, que foi convocado por um tribunal de Pretória em 4 de junho, afirma que matou Reeva por engano, ao confundi-la com um ladrão. A jovem, uma modelo de 29 anos, foi morta com vários tiros no banheiro do apartamento de Pistorius durante a noite.

A Promotoria defende a tese de assassinato premeditado.

O corredor sul-africano entrou para a história do atletismo mundial nos Jogos Olímpicos de Londres de 2012, ao ser o primeiro campeão paralímpico biamputado a competir com os atletas olímpicos.