“Os miseráveis” voltará aos palcos da Broadway em 2014

A adaptação de Mackintosh chegará a Nova York depois de ter realizado uma turnê por 64 cidades dos Estados Unidos, a qual arrecadou mais de US$ 130 milhões

Nova York – Uma nova versão de “Os miseráveis” voltará aos palcos da Broadway em março de 2014 pelas mãos do produtor Cameron Mackintosh, que aposta no êxito que o musical teve em sua versão cinematográfica para reapresentá-lo no teatro.

A adaptação de Mackintosh chegará a Nova York depois de ter realizado uma turnê por 64 cidades dos Estados Unidos, a qual arrecadou mais de US$ 130 milhões, informaram seus organizadores nesta quarta-feira no site oficial do musical.

A produção, que será reapresentada no teatro Shubert de Nova York, é baseada no livro que Víctor Hugo escreveu há mais de 150 anos e que, com base no êxito que ainda faz, segue atual até os dias de hoje.

“É maravilhoso que o público moderno acolha esses musicais como se fossem contemporâneos”, destacou Mackintosh, que se diz “encantado” com o fato de o público da Broadway poder assistir esta nova e “espetacular” montagem inspirada no texto do dramaturgo francês.

O musical narra a história de um policial implacável que persegue um homem preso por roubar um pedaço de pão em meio as lutas revolucionárias da França do século XIX, na qual o povo se levanta em armas para lutar contra a corrupção do Governo e a pobreza.

Apesar do entusiasmo de Mackintosh, esta não será a primeira vez que “Os Miseráveis” estará em um palco na “Big Apple”, já que a montagem, que estreou ainda em 1987, aparece como o quarto musical que mais tempo esteve em cartaz da história de Broadway.

Assim, depois da produção original, turistas e nova-iorquinos puderam desfrutar novamente deste clássico de 2006 até 2008, quando a montagem deixou a Broadway.

Esta também não é a primeira vez que Mackintosh adapta a obra de Víctor Hugo ao teatro, já que o mesmo estreou “Os Miseráveis” em outubro de 1985 no teatro Barbican de Londres.


Tido como um dos musicais mais populares do mundo, “Os Miseráveis” já foi assistido por cerca de 65 milhões de pessoas em 22 idiomas diferentes.

Agora, o produtor, que participou de musicais como “Cats” e “O Fantasma da Ópera”, quer aproveitar o êxito de sua versão cinematográfica, que, com Hugh Jackman e Anne Hathaway no elenco, se transformou em um dos filmes mais vistos do último ano.

Além do sucesso de bilheterias, o filme dirigido por Tom Hooper também disputará oito estatuetas dos prêmios Oscar no próximo domingo, entre elas a de melhor filme.

Nos próximos meses, o musical, que conta com as míticas canções “I Dreamed a Dream”, “Do You Hear the People Sing?” e “One Day More”, também viajará por todo o mundo, incluindo países como Brasil, Japão, Canadá e Austrália.