Os 65 anos do nascimento da estrela do rock Freddie Mercury

Vítima da aids, o cantor do Queen teve a vida interrompida aos 45 anos

São Paulo – Se ainda estivesse vivo, o astro Freddie Mercury, vocalista da banda de rock'n'roll Queen, estaria com 65 anos. O artista nasceu no dia 5 de setembro de 1946, na colônia britânica de Zanzibar, que atualmente faz parte da Tanzânia, na África. O verdadeiro nome do astro é Farrokh Bulsara, mas ele passou a assumir o nome Freddie quando se mudou para estudar na Inglaterra.

Mercury fundou o Queen com o guitarrista Brian May, em 1971. O vocalista entrou no grupo por ser fã do som de May na banda Smile. A voz de Freddie Mercury, repleta de nuances, colaborou para o som da banda no começo de carreira, muito influenciada pelo rock progressivo e pelo hard rock que faziam sucesso na época. No entanto, a partir de 1976, com o CD A Night at the Opera, Mercury passou a fazer um som mais pop com sua banda, atingindo maior público.

Uma das músicas mais conhecidas do cantor, Love of My Life, é dedicada a Mary Austin, um de seus relacionamentos mais longos no começo dos anos 70. Apesar de seus relacionamentos com mulheres, Freddie Mercury mostrou que era bissexual ao assumir um relacionamento com um executivo da Elektra Records.

A vida de Mercury foi interrompida em 1991, com uma pneumonia bronquial resultante de aids. Antes de morrer, ele viveu seis anos com o cabelereiro Jim Hutton, que lhe deu força durante seus últimos anos de vida.

Confira as fotos do frontman do Queen, em seus vários shows de rock.