O Bentley que vale mais de 1 milhão de reais

Continental Superports é o carro mais rápido e mais potente já construído pela montadora e o primeiro bicombustível da categoria

São Paulo – Carros da Bentley são objeto de desejo de qualquer aficionado por carros em todo o mundo. A montadora britânica que nasceu nos idos de 1919 produz seus automóveis até hoje de maneira artesanal. Os detalhes da madeira dos painéis ou a costura do material que reveste os volantes dos carros da marca são feitos à mão, por artesãos na fábrica da Bentley em Crewe, Reino Unido. Todo e qualquer item do modelo escolhido pelo consumidor pode ser personalizado.

A montadora está no Brasil desde o ano passado, quando um showroom foi aberto em São Paulo, o primeiro dos ingleses na América Latina. No mesmo ano, foi lançado no Salão do Automóvel, o carro considerado o mais rápido e mais potente Bentley já construído: o Continental Supersports, que, além das qualidades acima é também o primeiro modelo da categoria a rodar bicombustível. O acesso aos carros da Bentley é de fato para poucos e muito ricos e o Supersports não foge à regra: um modelo não sai por menos de um milhão de reais. 

O Zero KM desta semana mostra em detalhes como é o Continental Supersports, o Bentley mais caro à venda no Brasil: 

/libc/player/liquid3.swf