Nova edição de “Mein Kampf” será publicada na França em 2016

A Fayard havia começado a refletir a partir de 2011 sobre a oportunidade de publicar o livro em francês depois que ele passe a domínio público

A editora francesa Fayard anunciou nesta quarta-feira a publicação em 2016 de uma edição crítica do livro de Adolf Hitler “Mein Kampf”, acompanhada de comentários para colocar em perspectiva esta apologia à violência e ao racismo.

“A editora Fayard se propõe a realizar a publicação de ‘Mein Kampf’ – que passará para domínio público em janeiro de 2016 – em uma tradução de Olivier Mannoni “que passará a ser uma referência”, indica o editor em um comunicado.

A Fayard havia começado a refletir a partir de 2011 sobre a oportunidade de publicar o livro em francês depois que ele passe a domínio público, ou seja, permitindo ganhar dinheiro sem pagar direitos.

O texto está acessível livremente na internet em muitos idiomas, incluindo o espanhol e o francês, em sua versão original sem aparato crítico.

“A publicação deste livro central para a história do século XX estará acompanhada por um aparato crítico estabelecido por um comitê científico de historiadores franceses e estrangeiros”, esclareceu a Fayard em um comunicado.

Apesar das reservas do Land da Baviera, proprietário dos direitos até 31 de dezembro de 2015, em 1º de janeiro sairá à venda uma nova edição alemã do livro de Hitler, publicado pela primeira vez em 1925.