Niemeyer pede alta de hospital, mas continuará internado

A esposa do arquiteto, Vera Lúcia Guimarães, afirmou que o marido quer sair do hospital "porque precisa trabalhar"

Rio de Janeiro – O arquiteto Oscar Niemeyer, de 104 anos, pediu nesta sexta-feira que o hospital lhe dê alta por sua melhora de saúde, mas continuará em observação no fim de semana por prescrição médica.

A esposa do arquiteto, Vera Lúcia Guimarães, disse que Niemeyer quer sair do hospital Samaritano do Rio de Janeiro, onde está internado desde o sábado passado por conta de uma desidratação, e quer retornar ao seu lar “porque precisa trabalhar”.

Os médicos diminuíram a medicação já que o estado de saúde de Niemeyer “está evoluindo bem”, disse sua mulher em entrevista ao site da Folha de S. Paulo.

O arquiteto continua estável e lúcido, respira e se alimenta com normalidade, segundo o último boletim assinado hoje pelo médico Fernando Gjorup.

A assessoria de imprensa do hospital informou que o arquiteto continuará internado no fim de semana e não prevê a divulgação de outros boletins médicos até a segunda-feira.

Niemeyer está internado desde o sábado passado. O arquiteto já tinha sido hospitalizado por duas semanas em maio deste ano devido a uma pneumonia e desidratação.