Neymar diz que aprendeu com punição na Copa América

O atacante disse que aprendeu com a punição que o tirou da última edição da Copa América e que, no futuro, não irá se indispor em campo "por tolices"

Barcelona – O atacante Neymar disse nesta segunda-feira que aprendeu com a punição que o tirou da última edição da Copa América e que, no futuro, não irá se indispor em campo “por tolices” e também evitará reclamar com a arbitragem.

Em um ato comercial realizado em Barcelona, o capitão da seleção brasileira se referiu à suspensão de quatro partidas imposta pela Conmebol depois da confusão promovida por ele durante a vitória da Colômbia por 1 a 0, na segunda rodada da Copa América.

“Você não pode reclamar dos árbitros, porque o que passou, passou. Não gosto de ficar fora dos jogos. A lição que aprendi é que não posso me deixar levar por tolices. Errei e aprendi com essa situação”, disse o craque brasileiro.

No evento, no qual os jornalistas não puderam fazer perguntas, o atacante afirmou que seu objetivo é “seguir sendo melhor que ontem”.

“Essa é uma frase que meu pai disse a mim. Ele sempre me diz para me esforçar ao máximo nos treinamentos e nas partidas. Ser melhor a cada dia”, explicou.

Neymar reiterou que “procura ser o melhor” temporada após temporada para ajudar seus companheiros, porque “é preciso pensar no coletivo e depois o resultado individual chegará”.