Morre ex-boxeador porto-riquenho Héctor “Macho” Camacho

O esportista não resistiu aos ferimentos após ter levado um tiro no rosto

San Juan – O ex-boxeador porto-riquenho Héctor “Macho” Camacho morreu aos 50 anos de idade devido ao disparo que recebeu no rosto na última terça-feira na ilha caribenha, confirmou hoje o diretor do Centro Médico de San Juan, Ernesto Torres.

O médico explicou em entrevista coletiva que os últimos exames realizados no três vezes campeão mundial de boxe certificaram sua morte cerebral.

Camacho foi atingido por um tiro na noite de terça, aparentemente em uma emboscada, quando entrava em seu carro, na região metropolitana de San Juan. Um homem que o acompanhava também foi baleado e morreu.