Morre a lenda do tênis brasileiro Maria Esther Bueno

A brasileira conquistou quatro títulos de simples do Aberto dos EUA e três de Wimbledon entre 1959 e 1966

São Paulo – Uma das tenistas mais vitoriosas do mundo, a brasileira Maria Esther Bueno morreu nesta sexta-feira, aos 78 anos, em São Paulo, vítima de câncer, informou o Hospital 9 de Julho, onde ela estava internada.

“Informamos o falecimento da paciente Maria Esther Bueno nesta noite no Hospital 9 de Julho, onde esteve internada para tratamento oncológico. Em respeito à privacidade da família e à memória desta importante esportista, o Hospital 9 de Julho se reserva a não fornecer mais nenhum tipo de informação”, informou o hospital em nota.

Maria Esther, famosa por sua forma elegante de atuar, é um ícone do esporte, tendo conquistado 19 títulos de Grand Slam e sendo considerada a campeã mundial em 1959, 1960, 1964 e 1966.

A brasileira conquistou quatro títulos de simples do Aberto dos EUA e três de Wimbledon entre 1959 e 1966.

Nas duplas, Maria Esther ganhou 11 títulos de Grand Slam com duplas femininas e um com duplas mistas, sendo que em 1960 venceu todos os quatro principais torneios do tênis ao lado de Christine Truman na Austrália e com Darlene Hard na França, na Inglaterra e nos EUA.

Ela acumulou um total de 589 títulos, de acordo com seu site, durante uma carreira que durou cerca de 10 anos, mas foi interrompida por uma lesão no cotovelo em 1967.

Em 1978, Maria Esther foi homenageada com o nome no Hall da Fama do Tênis.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. judson benedito brisolla franchi

    Momentos de respeito e relevância para quem fez de sua vida, a vida de muitos.
    A tenista com as jogadas que encantou tantos por todos os cantos.

    Apresentando minhas respeitosas condolências à família, torço por suas belas jogadas nas quadras dos campos do Senhor dos Mundos.