Marlone é um dos finalistas do Prêmio Puskas 2016

O gol do Corinthiano na Libertadores 2016 é um dos 10 finalistas do Prêmio Puskas de gol mais bonito do ano junto de nomes como Neymar e Messi

A seleta lista, que conta com Cristiano Ronaldo, Lionel Messi, Neymar e Wendell Lira, pode ganhar outro nome de peso: Marlone.

Ok, não tanto peso assim, mas o que importa aqui é a indicação do jogador do Corinthians ao prêmio Puskas de gol mais bonito do ano pela FIFA por sua obra de arte contra o Cobresal, na Libertadores deste ano. A lista dos 10 finalistas foi divulgada hoje e conta com, além do gol do Corinthiano, outras pinturas da temporada 2015-16, como o “chapéu giratório” de Neymar contra o Villareal, a falta milimétrica de Messi contra os Estados Unidos e até a confusão causada na área pela jogadora Daniuska Rodriguez, da Venezuela, em partida contra  Colombia.

Na jogada, Edílson avança pela direita e cruza para Marlone, na cabeça da área. O jogador mata a bola no peito e emenda um belo voleio, o segundo dos seis gols do Corinthians naquela partida.

Apesar do belo gol, a disputa – como sempre – é acirrada. Além dos belos gols de Messi e Neymar que concorrem ao prêmio, outros feitos notáveis também chamam a atenção. Destaque para o gol absurdo do malaio Mohd Faiz Subri: em partida entre Pulau Pinang e Pahang, o jogador acertou uma falta com um efeito que fez a redonda parecer aquelas bolas Dente de Leite com sua trajetória.

O vencedor será escolhido via voto popular, que pode ser feito no site da FIFA até o dia 2 de dezembro. O resultado será divulgado no ano que vem, na festa de mehores do ano da entidade.

Confira abaixo os outros finalistas: