Mansão de Elizabeth Taylor está à venda por US$ 8,6 mi

Casa de 650 metros quadrados pertenceu a filha de Frank Sinatra antes de ser comprada pela atriz

Los Angeles – A mansão da atriz Elizabeth Taylor, localizada no luxuoso bairro de Bel-Air em Los Angeles, saiu à venda por US$ 8,6 milhões (R$ 14 milhões), dois meses após a morte da famosa intérprete, informou nesta segunda-feira a imobiliária Mossler Properties.

A propriedade foi construída na década de 60 e pertenceu a Nancy Sinatra, filha de Frank Sinatra, antes de passar para as mãos de Elizabeth em 1981.

Trata-se de um imóvel de 5.139 metros quadrados coroado por uma luxuosa mansão de 650 metros quadrados onde a família se reunia para celebrar importantes datas, como Ação de Graças e Semana Santa, segundo o filho Christopher Wilding.

A casa tem dois andares e é composta por uma sala espaçosa e uma cozinha ligada a uma área que dá para a piscina. Os exteriores incluem um jardim com uma pequena cascata cercada de palmeiras e bambus.

Elizabeth morreu no dia 23 de março em Los Angeles, aos 79 anos, vítima de insuficiência cardíaca, um problema que tratava há anos e que a levou a ser internada várias vezes desde fevereiro.

Ganhadora de dois Oscar por seu papel em “Disque Butterfield 8” (1960) e “Quem Tem Medo de Virginia Woolf?” (1966), Elizabeth Rosemond Taylor protagonizou mais de 50 filmes, entre eles clássicos como “Quatro Destinos” (1949) e “Gata em Telhado de Zinco Quente” (1958), em uma longa carreira que começou quando tinha dez anos com “There’s One Born Every Minute” (1942).

Elizabeth nasceu no dia 27 de fevereiro de 1932 em Hampstead (Londres), e foi criada nos Estados Unidos desde os sete anos. Sempre mostrou ter vocação para atriz, uma carreira que encerrou em 1994 com “Os Flintstones – O Filme”.