Manobras aéreas como inspiração

Com novo modelo, a IWC Schaffhausen presta homenagem ao esquadrão de demonstração aérea da marinha americana

Para confeccionar seus relógios, a relojoaria de luxo se habituou a buscar inspiração nos grandes feitos da humanidade. Modelos em homenagem à alunagem? Já foram criados, claro. Relógios que prestam tributo a façanhas esportivas? Também, aos montes, o que obriga as maisons a quebrar cada vez mais a cabeça em busca de novas inspirações.

Lançado no final do ano, o Pilot’s Watch Chronograph Edition Blue Angels, da suíça IWC Schaffhausen, foi baseado nas arriscadas e mesmerizantes manobras executadas pelo esquadrão de demonstração aérea da marinha americana. Instituída em 1946 pelo texano Chester W. Nimitz (1885-1966), que foi chefe de operações navais dos Estados Unidos, a frota é formada por seis jatos F/A-18 Hornet, pilotados por 14 oficiais e uma centena de soldados.  

O objetivo dela é manter lá no alto o orgulho da população pela marinha e o corpo de fuzileiros navais. Como? Por meio de exibições de arrepiar em eventos comemorativos – estima-se que mais de 11 milhões de pessoas assistam anualmente as acrobacias dos “blue angels”, como os caças ficaram conhecidos, em razão da cor da fuselagem.

O novo relógio remete à esquadra com seu mostrador azul e sua caixa de cerâmica de óxido de zircônio preto polido – membros da frota participaram da concepção do modelo, também inspirado nos antigos relógios militares. A função flyback permite que o cronômetro seja redefinido só com um toque no botão de reinicialização e o sistema de corda automática dispõe de uma reserva de marcha de 68 horas. Outros detalhes que merecem registro são a pulseira de couro azul, de bezerro, e a insignia “Blue Angels®”, gravada no verso da caixa. Preço: R$ 48.600.

Pilot´s Watch Chronograph Edition Blue Angels Pilot´s Watch Chronograph Edition Blue Angels

Pilot´s Watch Chronograph Edition Blue Angels (IWC Schaffhausen/Divulgação)