Luxo impresso: livro sobre Gabrielle Chanel resgata legado da estilista

Livro editado pela Assouline resgata as 100 criações icônicas da estilista francesa Gabrielle Chanel

Lá se vão quase 50 anos desde a morte de Gabrielle Chanel, fundadora de uma das mais icônicas maisons do universo do luxo. Morta em 1971, aos 87 anos, a estilista francesa costurou um conceito moderno e luxuoso de moda minimalista e abriu as portas da alta costura para tecidos corriqueiros como o tweed e o jersey.

Além de uma grife que soma mais de US$ 10 bilhões em vendas, ela deixou frases impagáveis sobre o setor. Uma das mais conhecidas: “Moda não está apenas nos vestidos. A moda está no céu, na rua, tem a ver com ideias, com a forma que vivemos, com o que está acontecendo”. O designer alemão Karl Lagerfeld, diretor da grife até a morte dele, neste ano, soube aproximar a maison das mulheres modernas.

Chanel: The Impossible Collection Chanel: The Impossible Collection

Chanel: The Impossible Collection (Assouline/Divulgação)

Previsto para chegar às livrarias em outubro, o livro “Chanel: The Impossible Collection”, editado pela Assouline, reúne 100 dos mais marcantes looks da grife, do atemporal Little Black Dress ao extremamente eficaz casaquinho de tweed, além da bolsa de couro acolchoada com diamantes e, claro, seus perfumes como o nº 5. Algumas gotinhas do último, acredita-se, era tudo que a atriz Marilyn Monroe usava para dormir.

Os itens foram selecionados pelo jornalista Alexander Fury, crítico de moda do “Financial Times” e um dos diretores da revista “AnOther”. As imagens reproduzidas no livro foram clicadas pelos mais festejados fotógrafos de editoriais de moda. Com estojo artesanal, a obra de 232 páginas custa US$ 895. assouline.com