Liverpool denuncia Salah à polícia por usar celular ao volante

O jogador egípcio foi filmado por fãs em seu carro utilizado o telefone celular enquanto dirigia

O Liverpool denunciou o jogador egípcio Mohammed Salah, que pertence ao clube inglês, à polícia do condado de Merseyside por ter utilizado o telefone celular enquanto dirigia, como é possível observar nas imagens capturadas por um torcedor no domingo e divulgada nas redes sociais.

O clube teve conhecimento dos fatos devido precisamente à divulgação do vídeo nas redes, segundo vários veículos de imprensa ingleses. As imagens foram gravadas por um torcedor que tentou pedir um autógrafo a Salah enquanto este usava o seu telefone celular em um engarrafamento.

Um porta-voz do Liverpool confirmou o envio do vídeo às autoridades policiais do condado. “O clube, depois de falar com o jogador, contatou a Polícia de Merseyside pelas imagens e as circunstâncias que rodearam sua gravação. Além disso, falamos com Salah a respeito, mas o assunto será tratado internamente. Nem o clube e nem o jogador farão mais comentários sobre o assunto”, concluiu o porta-voz.

A polícia de Merseyside emitiu outro comunicado oficial na sua conta do Twitter. “Tivemos conhecimento de um vídeo no qual, supostamente, jogador está usando o telefone celular enquanto conduz. Isto foi transferido ao departamento correspondente. Obrigado por nos informar”, publicou a polícia.

Segundo a legislação britânica, esse tipo de infração é punida com perda de pontos no carteira de motorista e uma multa de até 1.000 libras (1.100 euros).

Os fatos ocorreram apenas um dia depois da partido entre Liverpool e West Ham, correspondente à primeira rodada do Campeonato Inglês, na qual Mohammed Salah marcou dos gols da vitória por 4-0.