Ladrões de gibis são presos em São Paulo

A polícia prendeu uma quadrilha especializada em roubo de gibis e obras de arte em São Paulo.

A polícia prendeu uma quadrilha especializada em roubo de gibis e obras de arte em São Paulo. O grupo formado por três homens e uma mulher, é apontado pela polícia como a responsável pelos roubos do colecionador Antônio José da Silva, o Tom Zé. 

Foram levados mais de 7 mil quadrinhos raros, como  O Lobinho, Correio Universal, O Globo Juvenil e 630 exemplares de A Gazetinha no dia 16 de outubro, na residência de Zé.

O grupo foi preso em flagrante nesta quarta-feira (6) quando tentavam roubar quadros de um padre na cidade de Piracicaba (interior de São Paulo), os demais foram detidos ontem (7). 

Além desse crime, o bando é investigado pelo roubo de um museu em Piracicaba e no Centro de Ciências, Letras e Artes (CCLA) de Campinas. 

Os gibis do colecionador ainda não foram recuperados. A polícia continua a investigação sobre o paradeiro das revistas em quadrinhos. 

Via Estadão