Kelly Slater faz história e aos 39 anos chega ao 11º título mundial

Surfista da equipe Quiksilver foi campeão mundial profissional nos anos de 1992, 1994, 1995, 1996, 1997, 1998, 2005, 2006, 2008, 2010 e 2011

Madri – O americano Kelly Slater, da equipe Quiksilver, conquistou em São Francisco, nos Estados Unidos, o 11º título mundial de surfe de sua carreira, uma conquista histórica aos 39 anos: o mais jovem a obter esse número de títulos e ao mesmo tempo o campeão mais veterano.

Slater não desperdiçou o segundo dia de competição em Ocean Beach e venceu na terceira rodada o australiano Daniel Ross, garantindo o título matematicamente.

Um minuto antes do fim da bateria, o americano alcançou a pontuação necessária – 7,60, acima dos 6,88 que precisava ficar em primeiro lugar.

Slater admitiu que o 10º título mundial ‘foi bem mais complicado (de ser conquistado)’, já que neste ano encarou o campeonato ‘sem tanta pressão’.

‘As pessoas sempre falam sobre minha idade. Tenho 39, quase 40, mas para mim os anos são apenas um número. Acho que é possível se manter em plena forma. Não vejo por que inclusive aos 50 não possa estar em boa forma como agora. A prova de que me cuido bem pode ser constatada no meu rendimento físico’, explicou.

Apesar ter perdido a etapa sul-africana do circuito em julho, Slater teve grande atuação com três vitórias Gold Coast, na Austrália, Teahupoo, no Tahiti, e Trestles, também na Califórnia, e duas finais (Nova York e Portugal).

Kelly Slater foi campeão mundial profissional nos anos de 1992, 1994, 1995, 1996, 1997, 1998, 2005, 2006, 2008, 2010 e 2011.

Em sua extensa carreira obteve 48 vitórias, além de dois ouros nos jogos de esportes extremos. O circuito 2011 acaba na hawaiana ilha de Oahu entre os dias 8 e 20 de dezembro, na mítica e espetacular onda de Pipeline.