Japão empata aos 45 do 2º tempo e vai à Copa de 2014

O Japão é o primeiro país a assegurar vaga no Mundial que será realizado no Brasil por meio do qualificatório do torneio

Saitama – Com um gol de pênalti aos 45 minutos do segundo tempo, marcado por Keisuke Honda, o Japão empatou por 1 a 1 com o Austrália, nesta terça-feira, em Saitama, e garantiu classificação por antecipação à Copa do Mundo de 2014.

Com o resultado, a seleção japonesa chegou aos 14 pontos na liderança do Grupo B das Eliminatórias da Ásia. Desta forma, o Japão é o primeiro país a assegurar vaga no Mundial que será realizado no Brasil por meio do qualificatório do torneio.

Os brasileiros, como anfitriões da competição, já têm lugar assegurado no grande evento desde quando souberam que sediariam o mesmo, em 2007. Desta forma, os japoneses se juntaram ao time de Luiz Felipe Scolari como únicos garantidos entre as 32 seleções que jogarão a Copa que será realizada entre 12 de junho e 13 de julho de 2014.

Curiosamente, brasileiros e japoneses farão o jogo de abertura da Copa das Confederações no próximo dia 15, em Brasília, em confronto válido pelo Grupo A do torneio, que também conta com Itália e México.

Com o empate amargado no fim do jogo desta terça, a Austrália chegou aos sete pontos e assumiu provisoriamente a vice-liderança do Grupo B das Eliminatórias da Ásia.

Porém, a seleção de Omã, com seis pontos, enfrentará o Iraque nesta terça, em casa, com chance de assumir a segunda posição da chave. Os iraquianos estão na lanterna, com cinco pontos, enquanto a Jordânia figura na terceira posição, com a mesma pontuação dos australianos.


O duelo desta terça entre japoneses e australianos foi bastante equilibrado e com poucas chances de gol. Em duas delas, Shinji Kagawa, do Manchester United, parou no goleiro Mark Schwarzer no primeiro tempo e depois acertou o travessão na etapa final.

E quando buscava a vitória embalado pelo apoio de 62 mil torcedores, o Japão sofreu o primeiro gol aos 37 minutos do segundo tempo. Após invadir pela esquerda, Tommy Oar tentou cruzar e acabou acertando o gol de Kawashima, que estava adiantado e foi surpreendido ao ser encoberto.

O empate, porém, veio no finalzinho. Matt McKay cortou um cruzamento usando o braço e o árbitro marcou pênalti. Honda foi para bola na cobrança e, aos 45, chutou forte para assegurar a igualdade e a vaga japonesa na Copa de 2014.

Além do confronto entre Omã e Iraque, as Eliminatórias da Ásia terão outras duas partidas a serem disputadas nesta terça, ambas válidas pelo Grupo A. O Catar jogará em casa diante do Irã, enquanto o Líbano receberá a Coreia do Sul em seus domínios.