Herdeiros de Prince criticam Trump por usar música do cantor em comício

Vários artistas advertiram a campanha do presidente para que não utilize as suas canções, incluindo Rihanna

Os herdeiros do cantor e compositor Prince criticaram a equipe de campanha do presidente americano Donald Trump pelo uso de um dos grandes sucessos do artista falecido, “Purple Rain”, em um comício político.

Poucas horas depois do evento em Minnesota na quinta-feira à noite, o fundo que administra o patrimônio de Prince tuitou que a equipe de Trump usou a canção “apesar de ter confirmado há um ano que a campanha não usaria a música de Prince”.

“Nunca daremos permissão ao presidente Trump para usar as canções de Prince”, completa a mensagem.

O tuíte foi acompanhado pela imagem de uma carta com data de 15 de outubro de 2018, na qual um advogado da campanha de Trump afirma que o presidente não usaria a música de Prince em seus eventos.

Prince morreu aos 57 anos em abril de 2016, vítima de uma overdose acidental.

Vários artistas advertiram a campanha de Trump para que não utilize as suas canções nos comícios do presidente, incluindo Pharrell Williams, Steven Tyler e Rihanna.