Henrique vira opção e pode ganhar espaço na seleção

O jogador é cotado para entrar no lugar do suspenso Luiz Gustavo na partida de sexta-feira, contra a Colômbia, em Fortaleza

Teresópolis – Henrique teve sua convocação para a Copa do Mundo bastante contestada por boa parte da mídia e da torcida. Foi, a rigor, o único dos 23 jogadores escolhidos por Felipão a ter sofrido resistência. Desde que a equipe se apresentou, há 35 dias, tem sido um dos mais discretos atletas do grupo.

Com exceção de suas aparições no campo para treinamentos – o que faz com afinco -, quase não é notado. No entanto, ele pode, e espera, ganhar alguma notoriedade nos próximos dias.

Afinal, é cotado para entrar no lugar do suspenso Luiz Gustavo na partida de sexta-feira, contra a Colômbia, em Fortaleza, pelas quartas de final.

As chances de Henrique não são lá muito grandes. A tendência é que Felipão recue Fernandinho para a posição de primeiro volante, promovendo a volta de Paulinho ao time.

Além disso, Hernanes e Ramires também são opção, pois, nesse caso, o treinador não precisaria mexer no esquema tático. Mas é justamente a possibilidade de ele mudar o sistema de jogo que dá esperança ao ex-palmeirense.

Na noite de terça-feira, Felipão admitiu, em entrevista à TV da Fifa, pensar em escalar três zagueiros.

“Tenho duas possibilidades: manter a forma que vinha jogando ou mudar o sistema todo. Aí posso iniciar como jogava na Copa de 2002, com três zagueiros e mais liberdade aos laterais”, disse o técnico.

É aí que entra Henrique. Felipão o convocou, entre outros motivos, por ele se adaptar a várias posições. Joga dos dois lados da zaga, atuou várias vezes na lateral direita no Napoli, seu clube atual, e sabe jogar como volante ou terceiro zagueiro. Nos tempos de Palmeiras em que era treinado por Felipão, aliás, fez isso em muitas partidas.

“Felipão me conhece e sabe o que eu posso render na cabeça de área. Isso pode ser uma vantagem, mas não é tão determinante assim na seleção, pois aqui tem grandes jogadores e todos estão preparados”, diz Henrique.

“Vou continuar mostrando meu trabalho nos treinamentos e se o treinador optar por mim, estarei preparado.”

Felipão vai testar o esquema com três zagueiros durante a semana. Ele tem a alternativa de “puxar” David Luiz para o meio de campo, mas não parece disposto a mexer na dupla de zaga.

Por isso, Henrique deverá ser experimentado nessa posição já na segunda parte do treino desta terça-feira, que tem início marcado para as 15h30.