Handebol masculino perde para a França e está fora dos Jogos

Os comandados do técnico Jordi Ribera venderam caro a derrota, com um primeiro tempo heroico, que terminou empatado em 16 a 16

A seleção brasileira de handebol masculino mostrou garra, mas foi eliminada nas quartas de final dos Jogos do Rio por 34 a 27 para a França, atual bicampeã olímpica, nesta quarta-feira, com a torcida transformando a Arena do Futuro em um caldeirão.

Os comandados do técnico Jordi Ribera venderam caro a derrota, com um primeiro tempo heroico, que terminou empatado em 16 a 16.

A França deu cara com uma pedra no caminho rumo ao inédito tricampeonato, mas fez valer a experiência depois do intervalo para vencer com margem confortável.

Na semi, os ‘Bleus’ terão pela frente o adversário do confronto entre Alemanha e Catar.

A seleção feminina do Brasil também caiu nas quartas, perdendo por 32 a 23 para a Holanda, mas a derrota foi bem mais frustrante, já que as meninas, campeãs mundiais em 2013, eram consideradas favoritas.

No masculino, a seleção verde-amarela nunca havia vencido uma seleção europeia em um torneio olímpico de handebol masculino, mas surpreendeu a todos no Rio, ao superar Polônia e Alemanha.

Contra a França, fez jogo duro e se despediu de cabeça erguida, ovacionada pelo público, que cantou no final “sou brasileiro, com muito orgulho e muito amor”.