Fotos e documentos assinados por Mandela serão leiloados

Entre os objetos de destaque desta venda figura uma foto em preto e branco de Mandela aos 78 anos desafiando com seus punhos o boxeador americano Mohamed Ali

Paris – Um colecionador sul-africano leiloará na próxima quarta-feira, em Johannesburgo, um lote de 79 fotografias, lembranças e documentos assinados pelo ex-presidente Nelson Mandela, informou nesta quinta-feira a empresa Stephan Welz & Co.

Entre os objetos de destaque desta venda figura uma foto em preto e branco de Mandela aos 78 anos desafiando com seus punhos o boxeador americano Mohamed Ali, com a assinatura dos dois campeões do combate à segregação racial.

O comprador, que deverá levar todo o lote oferecido a 800.000 rands (59.000 euros), também irá se apoderar de vários momentos históricos da vida de Mandela, todos assinados e frequentemente acompanhados por um certificado de autenticidade.

Em outra foto Mandela entra em um estádio de Soweto sob as aclamações da multidão e do braço de sua esposa Winnie, um dia depois de sua libertação após 27 anos de prisão, em fevereiro de 1990.

“Todas estas peças foram acumuladas por 14 anos e foram compradas”, declarou à AFP Stefo Tufegdzic, um funcionário da empresa vendedora, que afirmou que “é provavelmente a maior venda de lembranças vinculadas a Mandela”.

O leilão irá ocorrer no dia 27 de novembro às 17h00 GMT (15h00 de Brasília). O nome do colecionador, que destinará “uma pequena porcentagem dos lucros a obras de caridade”, permanece em segredo.

Nelson Mandela, que atualmente tem 95 anos, vive novamente em sua casa de Johannesburgo, com atendimento médico permanente depois de permanecer hospitalizado de 8 de junho a 1 de setembro deste ano depois de uma recaída de sua infecção pulmonar e provavelmente de outras complicações.