Filmes com protagonistas mulheres aumentaram 40% em 2019

Aumento foi de nove pontos percentuais acima dos 31% registrados em 2018

Los Angeles — O número de filmes com protagonistas mulheres em Hollywood subiu para 40%, nove pontos percentuais acima dos 31% registrados em 2018, de acordo com um estudo da Universidade de San Diego, no estado da Califórnia.

A edição anual do relatório “It’s a Man’s (Celluloid) World” analisou os cem filmes de maior bilheteria do ano passado em Estados Unidos e Canadá, cujo faturamento conjunto é considerado “doméstico”.

Coordenado por Martha M. Lauzen, o relatório do Centro de Estudos das Mulheres na Televisão e no Cinema da Universidade de San Diego analisou mais de 2.300 personagens que apareceram nas telonas no ano passado.

A pesquisa mostrou que 40% dos filmes estudados tiveram mulheres como protagonistas, 43% contaram com homens como líderes de elenco e o 1% restante teve um elenco combinado de atores e atrizes em destaque.

“Para o propósito deste estudo, os personagens principais são os personagens de cuja perspectiva a história é contada”, disseram os responsáveis pelo trabalho.

Em outra ótica, as mulheres representaram 37% dos personagens principais, um ponto a menos do que em 2018, enquanto os homens foram 63%.

“Os personagens principais aparecem em mais de uma cena e são fundamentais para contar histórias”, disseram os pesquisadores.

Além disso, 34% dos personagens com falas eram mulheres, um ponto a menos do que no ano anterior, já os homens ocuparam 66% dessa categoria.

Outro aspecto marcante do estudo é a diferença de idade entre os papéis masculinos e femininos.

Do total de mulheres, 22% pareciam estar na faixa de 20 ou 30 anos, enquanto no caso dos homens apenas 11% se enquadraram nesse perfil. Em contraste, apenas 16% das personagens femininas estavam na faixa dos 40 e 50 anos, contra 26% dos personagens masculinos.