Fifa multa Argentina por mensagem sobre Ilhas Malvinas

Antes do amistoso contra a Eslovênia, jogadores entraram no gramado segurando uma faixa com os dizeres "As Malvinas são argentinas"

Zurique – A Fifa anunciou nesta sexta-feira que decidiu multar a Associação do Futebol Argentino (AFA) por conta de uma faixa com mensagem política exibida pelos jogadores da seleção em amistoso antes da Copa do Mundo.

A entidade máxima do futebol também reprimiu os argentinos por conta do incidente, ocorrido no dia 7 de junho, antes do amistoso contra a Eslovênia.

Naquele dia, os jogadores entraram no gramado do Estádio Cidade de La Plata segurando uma faixa com os dizeres “As Malvinas são argentinas”.

Em 1982, o país entrou em guerra com a Inglaterra pelo domínio das Ilhas Malvinas, que desde 1833 são de controle britânico.

Como a Fifa proíbe qualquer tipo de manifestação política em partidas controladas por ela, decidiu multar a federação argentina em 30 mil francos suíços (cerca de R$ 74 mil).

Durante a Copa do Mundo, a entidade argentina já havia sido multada em 300 mil francos suíços (cerca de R$ 740 mil) por não disponibilizar jogadores para entrevistas coletivas antes das partidas.