Fifa esclarece que Suárez não pode treinar durante suspensão

Fifa informou hoje que o atacante Luis Suárez não poderá treinar enquanto estiver suspenso, embora possa realizar exames e fechar uma negociação

Rio de Janeiro – Ao contrário do que foi amplamente divulgado na imprensa internacional nesta quinta-feira, a Fifa informou nesta sexta que o atacante Luis Suárez não poderá treinar enquanto estiver suspenso por ter mordido o italiano Giorgio Chiellini em partida pelo grupo D da Copa do Mundo, embora possa realizar exames e fechar uma negociação.

“Suárez está suspenso por quatro meses de qualquer atividade relacionada ao futebol. Ele não pode treinar pelo clube nem pela seleção, mas isso não afeta uma possível transferência. Ele pode fazer exames para se transferir, se necessário. Não seria adequado afetar uma negociação por uma suspensão. Mas ele não pode realizar nenhum outro tipo de atividade, incluindo treinar”, esclareceu a porta-voz da Fifa, Delia Fischer.

No último dia 24, durante a vitória do Uruguai sobre a Itália por 1 a 0 na Arena da Dunas, em Natal, o atacante mordeu Chiellini.

Depois de ter analisado as imagens e por se tratar de um atleta reincidente, que já havia mordido outros dois adversário ao longo da carreira, a Fifa o suspendeu por quatro meses e por nove jogos da “Celeste”, além de tê-lo multado em cerca de R$ 250 mil.

Recentemente, “Luisito” vem tendo seu nome vinculado ao Real Madrid e ao Barcelona.

A Fifa também informou que a venda de bebidas alcoólicas está acontecendo no Maracanã normalmente, apesar de ter recebido uma recomendação do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro para restringir a disponibilidade.

“Recebemos hoje de manhã o documento, mas há bebida normalmente no estádio hoje. Vamos interpretar o pedido com nossas áreas legais e tomar alguma atitude se for necessário”, avisou o porta-voz do Comitê Organizador Local, Saint-Clair Milesi.