Executivo da Apple copia Jobs meditando antes de trabalhar

Craig Federighi está seguindo os passos do falecido co-fundador Steve Jobs, que praticava técnicas de meditação zen-budista diariamente

São Paulo – O executivo da Apple Craig Federighi medita todas as manhãs.

O vice-presidente sênior de engenharia de software, responsável pelos sistemas operacionais móveis e desktop da Apple, disse durante uma demonstração da atualização mais recente do iOS, que ele começa seus dias meditando.

Na conferência anual da Apple, a Worldwide Developers Conference, em San Francisco, Federighi mostrou como a versão mais recente do iOS prevê, quando o telefone está na sua casa, que está na sua meditar.

O dispositivo abre automaticamente um aplicativo de meditação, que mostra uma imagem de um lago sereno, quando desbloqueado.

A meditação está se tornando, cada vez mais, uma maneira popular de aprimorar o foco e reduzir o estresse no mundo dos negócios. Mas isso não é nada novo na Apple.

O falecido cofundador Steve Jobs praticava técnicas de meditação zen-budista diariamente.

“Se você simplesmente sentar e observar, verá como a sua mente é inquieta”, disse Jobs ao seu biógrafo Walter Isaacson.

“Se você tenta acalmá-la é pior, mas com o tempo ela se acalma e quando isso acontece, existe espaço para ouvir as coisas mais sutis – e é aí que a sua intuição começa a aflorar e você começa a ver as coisas mais claramente e estar mais no presente. Sua mente desacelera e você sente naquele momento uma tremenda expansão. Você vê muito mais do que você via. É uma disciplina; você tem que praticá-la.”