Estes são os nomes mais engraçados da Olimpíada 2016

Entre os 11 mil atletas que competem na Rio-2016, alguns nomes dão boas piadas e trocadilhos

Atletismo

(Lucy Nicholson/Reuters)

Seria a polonesa Angelika Cichocka um perigo para a integridade física das adversárias nas corridas 800 m e 1500 m?

(Dylan Martinez/Reuters)

Sabe Akela Jones, de Barbados?

(Lucy Nicholson/Reuters)

(Kai Pfaffenbach)

Aí, Olha Bibik, Olha Zemlyak… Olha que nome comum na Ucrânia.

(David Gray/Reuters)

Com esse nome, ainda bem que a corredora romena Florina Pierdevara não compete no salto com varas.

(Ricardo Moraes/Reuters)

Torcemos para que o chinês Zelin Cai evite a piada pronta e mantenha-se em pé na disputa da marcha atlética.

(Buda Mendes/Getty Images)

O etíope Tamirat Tola foi esperto o suficiente para levar bronze na corrida de 10 mil metros.

(Alexander Hassenstein/Getty Images)

Que o argelino Larbi Bourrada não cometa nenhuma gafe no decatlo.

(Phil Noble/Reuters)

Não é nada modesta a heptatleta ucraniana Alina Fodorova

(Kai Pfaffenbach/Reuters)

Enquanto os concorrentes disputam o salto em distância, o tcheco Jaroslav Baba.

(Phil Noble/Reuters)

Cleopatra Borel: essa é a mistura do Brasil com Egito – representando Trinidad e Tobago – no arremesso de peso.

Badminton

(Amin M. Jamali/Getty Images)

Que a americana Paula Lynn Obanana tenha uma carreira frutífera.

Basquete

(Jim Young/Reuters)

O francês Nando de Colo tem 29 anos, não é mais nenhum bebezinho…

(Jim Young/Reuters)

Da seleção da Espanha, Sergio Llull é recordista em nome com maior quantidade de consoantes por vogal.

(Charlie Neibergall/Pool/Reuters)

E tem também o brasileiro que dá origem a este post: Nenê Hilário.

(Ian Pettie/Pool/Reuters)

As adversárias não curtem muito quando a francesa Sandrine Gruda nelas.

Boxe

(Peter Cziborra/Reuters)

Cancan Ren: a boxeadora chinesa que “joga” (sacou, ahn, ahn) com alegria na pernas.

(Julian Finney/Getty Images)

O indiano Shiva Thapa é um que nasceu predestinado para o esporte que pratica.

Ciclismo de estrada

(Divulgação/COG)

Falando em predestinação, o que dizer do Manuel Rodas Ochoa, da Guatemala?

Ginástica artística

(Mike Blake/Reuters)

Num esporte em que os atletas decolam, nada mais adequado do que se chamar Marine Brevet (Fra).

Tiro com arco

(Leonhard Foeger/Reuters)

A arqueira Hui Cao, da China, não engana ninguém.

(Yves Herman/Reuters)

Com esse nome, o eslovaco Boris Balaz poderia competir no tiro esportivo também.

(Leonhard Foeger/Reuters)

Karma Karma, a atleta do Butão cujo nome é quase um hit.

(Buda Mendes/Getty Images)

Assinamos embaixo da performance da brasileira Marina Canetta.

Vôlei de praia

(Ruben Sprich/Reuters)

E nos despedimo tristes desta lista, tipo a suíça Anouk Verge-Depre.