Escultor hiper-realista Mueck leva obras incríveis ao Rio

Artista australiano Ron Mueck expõe seu trabalho no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, a partir desta quinta-feira

São Paulo – Esculturas hiper-realistas vão tomar conta do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, entre os dias 20 de março e 1 de junho, com a exposição do artista australiano Ron Mueck. Essa é a primeira vez que o trabalho dele será exibido no Brasil e a mostra acontecerá somente na capital fluminense.

Feitas com detalhes impressionantes, as obras de Mueck quase enganam os olhos, que só não confundem sua arte com realidade por conta do tamanho geralmente de grandes proporções. Além das esculturas que já apareceram em outras exposições do escultor pelo mundo, três novas imagens serão apresentadas: dois adolescentes na rua, uma mãe com seu bebê e um casal de idosos na praia. Também faz parte do evento a veiculação do documentário “Natureza Morta”, que retrata o processo criativo do artista radicado em Londres.

Entre os materiais usados para dar (quase) vida a suas criações estão resina, fibra de vidro e silicone. A inspiração sai de diversos lugares, como fotografias, histórias em quadrinhos, obras de arte históricas e lendas antigas. Tudo isso é misturado para dar origem a um conjunto instigante.

E é com base nessa curiosidade que as figuras podem gerar que a organização da mostra no Rio espera bater recorde de visitação. Durante os meses em que a exposição estará aberta a expectativa é de que mais de 200 mil pessoas passem pelo MAM. Em Paris, a exibição alcançou 400 mil pessoas e, em Buenos Aires, o número foi de 180 mil.

O funcionamento do museu é de 12h às 18h, entre terça-feira e sexta-feira, e de 12h às 19h, aos sábados, domingos e feriados. Os ingressos custam 14 reais (inteira) e podem ser comprados na bilheteria do local ou pela internet.