Equipes de resgate localizam parte de avião do jogador Emiliano Sala

O avião em que viajavam o jogador de futebol e o piloto despareceu no dia 21 de janeiro, enquanto sobrevoava o Canal da Mancha

Paris – As equipes de resgate localizaram nesta quarta-feira em uma praia da Normandia, no noroeste da França, parte de um avião, que pode ser aquele em que viajava para Cardiff, no País de Gales, o atacante argentino Emiliano Sala.

Segundo fontes confirmaram à Agência Efe, se tratam de duas partes de poltronas, que poderia ser do Piper PA-46 Malibu que se perdeu dos radares depois de levantar voo em Nantes, na França, com o jogador e o piloto, David Ibbotson, a bordo.

Os destroços foram localizados por um guarda civil na praia de Surtainville, no noroeste da França, nas proximidades das ilhas britânicas de Guernesey e Jersey, onde, no primeiro momento, foram centradas as buscas pelo aparelho.

O Escritório de Investigação e Análise da França, que comanda as buscas no país, enviou toda a informação sobre o achado para o Departamento de Investigação de Acidentes Aéreos do Reino Unido (AAIB), que já anunciou a realização de buscas submarinas, a partir da próxima semana, se houver melhora nas condições climáticas.

Um navio especializado em rastreamento no fundo do mar, equipado com um sonar, começará a atuar nas buscas, segundo a AAIB. A expectativa é que o trabalho na região dure três dias.

O pequeno avião em que viajavam Sala e o piloto David Ibbotson despareceu no dia 21 de janeiro, enquanto sobrevoava o Canal da Mancha. A aeronave ia de Nantes, na França, para Cardiff, no País de Gales.

As buscas foram suspensas na semana passada, depois de dias sem qualquer rastro, o que provocou grande comoção entre a família e diversas personalidades do mundo do futebol.