Elton John marca casamento após lei de união homossexual

"Faremos algo muito discreto. Mas, vamos fazer e será uma ocasião feliz", disse o músico e cantor em entrevista a programa da emissora americana "NBC"

Londres – O cantor britânico Elton John anunciou que se casará em maio com seu companheiro, o canadense David Furnish, após a lei que permite o casamento entre homossexuais na Inglaterra e Gales ter entrado em vigor no último sábado.

“Faremos algo muito discreto. Mas, vamos fazer e será uma ocasião feliz”, disse o músico e cantor em entrevista ao programa “Today Show”, da emissora americana “NBC”, na qual não revelou mais detalhes sobre a cerimônia.

Elton John, que vive há 20 anos com Furnish, com quem tem dois filhos, oficializou em 2005 sua relação no civil, até então a única maneira viável aos homossexuais no Reino Unido.

Neste aspecto, o cantor se mostrou “alegre” pela lei que permite os casamentos entre homossexuais ter entrado em vigor e destacou que, em vez de se limitar a dizer já possuem uma união civil, os gays “devem celebrar” e não se sentirem molestado por estarem casando.

No entanto, ao contrário de dezembro de 2005, quando realizou uma cerimônia civil na Prefeitura de Windsor (sudeste da Inglaterra) para 650 convidados, Elton John afirmou que, nesta ocasião, seu casamento será “mais discreto”.

“Estou muito orgulhoso do Reino Unido e das leis que passaram a existir desde que estamos juntos”, destacou o cantor de 67 anos.

Em uma entrevista ao “Las Vegas Review-Journal”, o companheiro de John, o cineasta canadense David Furnish, de 51 anos, disse que o cantor tem tatuado nas costas o nome de seus dois filhos, Zachary e Elías, de três e um ano, respectivamente, concebidos através de barrigas de aluguel.