Elenco de série da Netflix rejeita acusações de gordofobia

Petição pedia cancelamento da série, dizendo que ela aparentava promover narrativa de que mulheres precisam ser magras para ter sucesso

Los Angeles – O elenco de “Insatiable” defendeu o novo programa de TV contra acusações de gordofobia, mas críticas anormalmente duras sugerem que a série norte-americana tem mais a se preocupar do que apenas com o debate em torno de peso e popularidade.

A série da Netflix, anunciada como uma comédia de humor negro, conta a história de uma estudante de ensino médio obesa e oprimida, Patty the Fatty (Patty, a Gorda), que de repente perde peso, ganha popularidade e trama sua vingança.

Uma petição online antes do lançamento da série nesta sexta-feira havia pedido seu cancelamento, dizendo que a série aparentava promover a narrativa de que mulheres precisam ser magras para ter sucesso e felicidade e que o programa irá encorajar transtornos alimentares.

A criadora Lauren Gussis disse que o trailer “fez exatamente o que precisava fazer ao iniciar uma conversa sobre essas questões”.

“Há uma longa história de sátiras trazendo à tona questões que precisam ser vistas, e também como uma maneira de chegar à verdades que são desconfortáveis, então espero que isto seja o que estejamos fazendo”, disse Gussis à Reuters Television no tapete vermelho do evento de pré-estreia em Los Angeles na quinta-feira.

A atriz Alyssa Milano elogiou o debate.

“Eu realmente acho que é bom ter uma opinião, e acho que as pessoas vão continuar tendo uma opinião conforme avançam e avançam assistindo a série”, disse.