Dustin Hoffman recebe prêmio no Festival de San Sebastián

Ator receberá o Prêmio Donostia com seu filme "Quartet", sua estreia na direção

O veterano ator americano Dustin Hoffman encerra neste sábado a 60ª edição do Festival de San Sebastián, onde receberá o Prêmio Donostia pelo conjunto de sua carreira, com seu filme “Quartet”, sua estreia na direção.

“Queria dirigir já tem muitos anos”, afirmou Hoffman à imprensa depois da exibição de seu filme na seção oficial, mas fora de competição.

Hoffman, que recebeu a imprensa sorridente e piadista, ao lado do ator Billy Connolly, um dos intérpretes do filme, explicou que não arriscou a direção de um filme antes desta obra porque não se sentia preparado. “São demônios interiores que te impedem de fazer algo”, afirmou.

“Mas foi um grande prazer dirigir. Talvez tenha sido a melhor experiência que tive no cinema”, acrescentou o ator, que fez uma primeira tentativa fracassada na direção no final dos anos 70 com um projeto intitulado “Straight time”, no qual acabou apenas interpretando.

O ator de 75 anos escolheu para sua estreia o filme “Quartet”, adaptação de uma obra de teatro com o mesmo título, de Ronald Harwood, que fala das relações de um grupo de músicos e cantores de ópera aposentados e que vivem numa residências para idosos.


A preparação de uma festa é o pretexto para explorar as relações entre estes personagens e sua vontade de viver sua arte, apesar do passar dos anos.

O filme mostra como, apesar da velhice acabar com o corpo, ainda existe a possibilidade de o espírito continuar vivo e se expandir.

“Foram extraordinários”, comentou o novo diretor, referindo-se aos cantores de ópera de verdade que participam no filme.

“A pessoa tem todas as possibilidades de ter êxito porque o bom é bom e o divertido é divertido, seja jovem ou velho”, afirmou, por sua parte, Connolly, acrescentando que o filme também deverá agradar ao público jovem.

“A única coisa que queria fazer é que cada ator se sentisse à vontade”, disse ainda Hoffman, que, com mais de 40 anos de carreira, explicou que em sua estreia como diretor tentou evitar os erros que viu outros cineastas com que trabalhou cometeram.

Hoffman é o quinto artista a ter reconhecida sua trajetória no cinema durante a 60ª edição deste festival, que também já homenageou nos últimos dias Tommy Lee Jones, Ewan Mcgregor, John Travolta e Oliver Stone.