Disney desafia Netflix com pacote mensal de US$ 13

A cruzada da empresa para se tornar uma gigante de streaming tem sido cara

A Walt Disney está com uma nova oferta de serviços de streaming por apenas US$ 12,99 por mês, desafiando a Netflix com um pacote que inclui programação para a família, esportes ao vivo e um enorme acervo de programas de televisão.

A gigante de entretenimento anunciou o preço combinado para o Disney+, ESPN+ e Hulu em teleconferência realizada na terça-feira com investidores. O pacote vai estrear como parte do lançamento do serviço Disney+ em novembro e representa um desconto de quase 30% sobre os preços individuais.

A Disney equiparou seu pacote com o plano padrão da Netflix e sua oferta é US$ 3 mais barata do que a versão premium da concorrente, que permite que assinantes e familiares tenham acesso ao conteúdo em até quatro dispositivos ao mesmo tempo. No entanto, dois dos serviços da Disney, ESPN+ e Hulu, veiculam anúncios, enquanto a Netflix não tem comerciais.

A cruzada da empresa para se tornar uma gigante de streaming tem sido cara. Com os investimentos em novos serviços on-line, a divisão direto ao consumidor da Disney registrou perdas US$ 553 milhões, parte de resultados no geral decepcionantes divulgados na terça-feira. E essa perda deve subir para US$ 900 milhões no atual trimestre.

Mas o acervo de filmes e programas de TV da Disney de suas marcas Marvel, Pixar e Star Wars fazem da empresa uma concorrente formidável, disse Ivan Feinseth, diretor de investimentos da Tigress Financial Partners, de Nova York.

“A Disney tem um conteúdo poderoso”, disse em entrevista à Bloomberg Television.

HBO Max

O baixo preço da Disney também pode criar dores de cabeça para o HBO Max, um serviço de streaming da AT&T cujo lançamento está programado para o ano que vem. Esse pacote também vai oferecer programação para a família e conteúdo original. O custo do pacote ainda não foi anunciado. Mas só a HBO custa US$ 14,99 por mês, por isso será difícil competir com o preço da Disney.

A Disney aposta nos serviços on-line para enfrentar a perda de telespectadores convencionais em canais emblemáticos como ESPN, ABC e Disney Channel. No início do ano, a empresa gastou US$ 71 bilhões para comprar os ativos de cinema e TV da Fox com o objetivo de reforçar suas futuras ofertas.

Com o Hulu + Live TV, a empresa também oferece um pacote de mais de 60 canais de televisão ao vivo para competir com serviços a cabo e satélite por US$ 44,99 por mês.