Dinamarca segura pressão peruana e vence em estreia da Copa

Os peruanos, que voltam a disputar um Mundial após 36 anos, perderam um pênalti

Saransk (Rússia) – O Peru ficou no ataque praticamente toda a partida que marcou seu retorno a uma Copa do Mundo após 36 anos, mas foi a Dinamarca que venceu por 1 a 0, neste sábado, o duelo que fechou a primeira rodada do grupo C, na Mordovia Arena, em Saransk.

A maioria das melhores chances da partida foram do time do técnico Ricardo Gareca, mas os europeus se mostraram mais eficientes e aproveitaram um contra-ataque aos 14 minutos da segunda etapa para marcar o único gol do jogo, de Poulsen, com assistência de Eriksen.

Os peruanos, que voltam a disputar um Mundial após 36 anos, perderam um pênalti quando o placar estava em branco, no final da primeira etapa. A cobrança foi isolada pelo meia Christian Cueva, do São Paulo.

O atacante Paolo Guerrero, do Flamengo, começou no banco de reservas e entrou após o gol dinamarquês. Apesar de protagonizar boas chances, não conseguiu balançar a rede.

Com a vitória, a equipe treinada por Age Hareide chegou a três pontos no grupo C, assim como a França, mas com um gol marcado a menos. Peru e Austrália dividem a lanterna. Os jogos pela segunda rodada da chave acontecerão na próxima quinta-feira. Os peruanos vão enfrentar os franceses, em Ecaterimburgo, e os dinamarqueses terão como adversários os australianos, em Samara.