Diego Maradona diz que não é fraudador

O fisco italiano cobra quase 40 milhões de euros do ex-jogador pela falta de pagamento de impostos em seus contratos publicitários

Roma – O astro argentino Diego Armando Maradona se defendeu das acusações do fisco italiano em um vídeo gravado em sua casa de Dubai e divulgado por seu advogado italiano, Angelo Pisani.

“Não sou um fraudador do fisco. Eu jogava futebol e assinavam no meu lugar”, declarou Maradona.

“Não tenho medo de retornar à Itália e o fisco deverá reunir as provas das acusações. Nunca assinei nada e os verdadeiros culpados circulam livremente”, completou o ex-jogador, de quem o fisco italiano cobra quase 40 milhões de euros pela falta de pagamento de impostos em seus contratos publicitários.

O vídeo foi divulgado pelo advogado Angelo Pisani, que na semana passada anunciou, de maneira equivocada, que o fisco havia arquivado o processo contra o jogador.