Deus, diversidade e proposta de casamento: os momentos do Emmy

As três horas de cerimônia incluiu um pedido de casamento, referências a Deus, discursos sobre diversidade e o triunfo do veterano Fonzie

Nas três horas de cerimônia do Emmy, alguns momentos se destacaram, incluindo um pedido de casamento, referências a Deus, discursos sobre diversidade e o triunfo do veterano Fonzie.

Seguem abaixo alguns momentos importantes:

– Pedido de casamento:

A audiência da premiação pode ter aumentado depois que um dos vencedores fez uma proposta de casamento a sua noiva durante a cerimônia.

Glenn Weiss, que recebeu o prêmio de melhor diretor de um programa especial de variedades (a cerimônia do Oscar) deixou a plateia em choque durante o discurso de agradecimento quando falou a Jan Svendsen: “Você quer saber porque eu não gosto de te chamar de minha namorada? Porque eu quero te chamar de minha esposa”, afirmou, diante dos aplausos, gritos e algumas lágrimas da audiência.

– Fonzie está de volta:

Henry Winkler, nome muito conhecido nos anos 1970 como o eterno e genial “Fonzie”, venceu o seu primeiro Emmy como ator coadjuvante de série de comédia por seu papel de professor de interpretação em “Barry”, da HBO.

O ator de 72 anos havia sido indicado em três oportunidades por seu papel na série “Happy Days” e uma vez por sua interpretação no drama “The Practice” em 2000.

“Oh meu Deus, oh meu Deus!”, afirmou ao aceitar o prêmio, antes de brincar que havia escrito o discurso há 43 anos.

Winkler disse que ouviu há alguns anos anos que se ele perseverasse no jogo por tempo suficiente, “as fichas chegariam até você”.

“Hoje à noite, eu tenho que limpar a mesa”, acrescentou, diante dos aplausos dos colegas.

– Deus é mulher:

Thandie Newton, que venceu na categoria de atriz coadjuvante em série dramática por seu papel em “Westworld”, disse: “Eu nem acredito em Deus, mas vou agradecê-la esta noite”.

“Nós resolvemos”:

A canção de abertura da premiação estabeleceu o tom do evento, quando integrantes do programa “Saturday Night Live” – Kate McKinnon e Kenan Thompson – afirmaram que o delicado tema da diversidade foi solucionado.

“Sério? Então a diversidade não é mais um problema em Hollywood?” questionou McKinnon, ao que Thompson respondeu: “Não, nós resolvemos”.

Em seguida, entraram no palco outras estrelas, como Kristen Bell, Ricky Martin e Tituss Burgess, que apresentaram uma canção sobre o tema.

“Nós resolvemos! Acompanhamos o tempo, há espaço para todas as nossas vozes, mas sobretudo para Shonda Rhimes”, cantaram, em referência à produtora afro-americana, que criou séries de sucesso como “Grey’s Anatomy” and “Scandal”.

– Aclamação para Betty White:

Betty White foi aplaudida de pé ao ser homenageada por seus mais de 80 anos na televisão.

White, que protagonizou séries de sucesso como “The Golden Girls” e “The Mary Tyler Moore Show”, afirmou que tem sorte de continuar atuando.

“É incrível que possa permanecer em uma carreira por tanto tempo e ainda assim ter pessoas que te apoiam”.