Depois de chamar Adele de gorda, Karl Lagerfeld pede desculpas

Estilista da Chanel afirmou que frase em que falou sobre a cantora foi tirada de contexto

São Paulo – Depois da repercussão em torno do episódio em que o estilista Karl Lagerfeld, da Chanel, chamou a cantora Adele de gorda, ele voltou atrás e pediu desculpas. Ao jornal Metro New York, o mesmo que havia publicado sua primeira declaração, ele disse que a frase foi tirada de contexto e que é o maior admirador da cantora.

“Às vezes, quando você pega uma frase do texto, ela muda o sentido do pensamento. O que eu disse foi em relação à nova artista Lana Del Rey e a frase foi tirada do contexto de como ela foi publicada originalmente”, afirmou Lagerfeld ao jornal.

Além de elogiar Adele e dizer que ela é sua cantora favorita, ele falou de sua própria experiência de ex-obeso. “Eu perdi mais de 30 quilos há 10 anos e tenho mantido isso. Eu sei como é quando a imprensa é má com você por causa da sua aparência”, disse. Ele ainda declarou que Adele é uma garota linda, a melhor e que está ansioso pelo seu próximo álbum.

Enquanto o estilista tentava sair da saia justa, a cantora não deixou por menos. À revista People, ela rebateu que nunca quis ser como as modelos que estampam as capas de revistas e que representa a maioria das mulheres – e se orgulha disso.