Daniel Dias conquista 1º ouro do Brasil nas Paralimpíadas

O nadador de 24 anos fez o tempo de 32s05, ficando a frente do espanhol Sebastián García (33s44) e do americano Roy Perkin (33s69)

Londres – O nadador brasileiro Daniel Dias conquistou nesta quinta-feira a vitória nos 50 metros livre da categoria S5, batendo o recorde mundial, e conseguiu sua décima medalha em Jogos Paralímpicos, após as nove obtidas em Pequim (quatro ouros, quatro pratas e um bronze).

O nadador de 24 anos fez o tempo de 32s05, ficando a frente do espanhol Sebastián García (33s44) e do americano Roy Perkin (33s69), medalhistas de prata e bronze, respectivamente.

Daniel conquistou a primeira medalha de ouro do Brasil nos Jogos Paralímpicos de Londres e tem grandes chances de aumentar este número nas outras sete provas que disputará no evento.

O país obteve outra medalha no Centro Aquático, com o nadador André Brasil, que levou a prata nos 200 metros medley SM10, com um tempo de 2min12s36. Ele começou bem na tentativa de superar seu desempenho nos Jogos de Pequim, em que conquistou cinco medalhas, quatro de ouro e uma de prata, justamente nos 200 medley.

Em sua prova, André foi superado apenas pelo canadense Benoit Huot, que com um tempo de 2min10s01 bateu o recorde mundial na distância.

No judô, a brasileira Michele Ferreira conseguiu o bronze na categoria abaixo de 52kg, repetindo o feito realizado em Pequim-2008, fazendo com que a modalidade fosse responsável pela primeira medalha conquistada na Paralimpíada, como já havia acontecido nos Jogos Olímpicos no mês passado, com Sarah Menezes.

Michele, de 27 anos, perdeu seu primeiro combate para a russa Alesia Stepaniuk por um yuko, mas na repescagem derrotou a turca Gulhan Kilic, e disputou a medalha contra a francesa Sandrine Martinet. A brasileira venceu por ippon e levou para casa sua segunda medalha paralímpica de bronze.

Após o primeiro dia de competição, o Brasil ocupa a oitava posição do quadro de medalhas, com um ouro, uma prata e um bronze.