Corinthians é recebido pelo governador de São Paulo

Os atletas e a comissão técnica desembarcaram no Brasil pontualmente às 7h30 no aeroporto internacional de São Paulo

São Paulo – O Corinthians, que no domingo se tornou campeão do Mundial de Clubes da Fifa em partida disputada contra o Chelsea, no Japão, chegou ao Brasil nesta terça-feira e foi recebido pelo governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, no aeroporto da cidade.

Os atletas e a comissão técnica desembarcaram no Brasil pontualmente às 7h30 no aeroporto internacional de São Paulo em voo procedente da Alemanha, onde havia feito escala.

O primeiro a aparecer na porta do avião foi o capitão da equipe, o lateral Alessandro, que exibiu o troféu tão desejado pelos milhões de torcedores do clube.

Apenas 600 torcedores esperavam o Corinthians no aeroporto, já que as autoridades tinham advertido que não permitiriam o desembarque pelo terminal convencional de passageiros para evitar tumultos, mas espera-se que milhares de pessoas compareçam em diferentes pontos da cidade por onde o trio elétrico que leva os jogadores passará.

Alckmin recebeu os jogadores já na pista do aeroporto e, após os trâmites alfandegários, a delegação subiu em um trio elétrico que irá se dirigir a uma praça na qual os jogadores serão saudados pelas autoridades municipais.

São Paulo vive uma festa desde a manhã de domingo, quando o Corinthians conquistou pela segunda vez o título do Mundial de Clubes da Fifa ao vencer o Chelsea por 1 a 0.

O grande ausente da festa será o atacante peruano Paolo Guerrero, herói do time por ter marcado os dois gols que garantiram o título – um na semifinal contra o Al-Ahly e um contra o Chelsea – já que se despediu da delegação na Alemanha para resolver problemas pessoais no país.

Após a recepção do governador, os jogadores desfilarão em um trio elétrico por várias das principais ruas de São Paulo.

O desfile no trio elétrico contará ainda com o cantor Thiaguinho, declarado torcedor do Corinthians e amigo de vários jogadores.