Coreia do Norte vence Colômbia em jogo que quase não ocorre

Com a bola rolando, a Colômbia sucumbiu ao melhor futebol e principalmente à força ofensiva da adversária, que levou a melhor graças aos dois gols

Glasgow – Uma gafe da organização dos Jogos Olímpicos, que trocou a bandeira da Coreia do Norte pela da Coreia do Sul, quase fez com que a partida entre norte-coreanas e Colômbia, pelo futebol feminino, não acontecesse nesta quarta-feira.

Ao mostrarem a escalação da seleção asiática no telão do estádio Hampden Park, em Glasgow, os organizadores se confundiram e exibiram a bandeira da Coreia do Norte pela vizinha e rival política do sul ao lado da imagem das atletas.

Ao perceberem o erro, as norte-coreanas se retiraram do gramado e ameaçaram não disputarem o jogo. No entanto, a equipe aceitou um pedido formal de desculpas por parte do Comitê Olímpico Internacional (COI) e voltaram ao gramado mais de uma hora depois.

Com a bola rolando, a Colômbia sucumbiu ao melhor futebol e principalmente à força ofensiva da adversária, que levou a melhor graças aos dois gols marcados por Song Hui Kim.

A vitória coloca as asiáticas na segunda posição do grupo G, com três pontos, atrás dos Estados Unidos. Tricampeãs olímpicas, as americanas estrearam vencendo a França por 4 a 2 de virada.