Conheça o piloto brasileiro de 16 anos contratado pela Renault

Empresariado por Nicolas Todt e elogiado por Felipe Massa, Caio Collet sonha com a F1

A temporada 2019 da F1 terá início em março e pelo segundo ano seguido o Brasil deve ficar de fora do grid. Mas, no final do ano passado, algumas novidades mostram que o futuro pode ser mais promissor para o país dos campeões Emerson Fittipaldi, Nelson Piquet e Ayrton Senna: Sergio Sette Câmara foi anunciado como piloto de testes da McLaren e Pietro Fittipaldi, neto de Emerson, será também o test driver da equipe Haas.

Nesta semana, outra importante notícia para os fãs do esporte a motor no Brasil foi confirmada: o jovem Caio Collet é o novo integrante da Renault Sport Academy. Aos 16 anos, ele acumula diversos títulos no kart e em 2018 conquistou o título do Campeonato Francês de Fórmula 4, vencendo 7 provas. Ele também foi o vencedor do importante prêmio Volante Windfield – que tem entre outros ganhadores nomes como o tetracampeão mundial Alain Prost.

Caio participará da Fórmula Renault Eurocup em 2019, devendo competir em 9 circuitos de Grandes Prêmios de F1, como em Mônaco, em maio, e no circuito Yas Marina de Abu Dhabi, que já é bem conhecido de Caio, onde ele venceu sua primeira corrida em monoposto em fevereiro do ano passado.

“Estou muito feliz em fazer parte da Renault Sport Academy. Na última temporada, foi uma grande motivação saber que haveria uma oportunidade de entrar para o programa como parte do prêmio para o vencedor da Fórmula 4 Francesa. Minha sede de vitória só aumenta, pois quero mostrar à Renault que realmente mereço um lugar na Academia e isso significa ter uma temporada de sucessos nas pistas da Fórmula Renault Eurocup. Vou me empenhar bastante para atingir meus objetivos e não vejo a hora de trabalhar com a Renault e contar com todo o suporte que a marca oferece”, diz Caio, que começou a carreira aos 9 anos de idade.

Lançada em 2016, a Renault Sport Academy busca desenvolver jovens pilotos talentosos por meio de campeonatos de acesso, com o objetivo de colocar um piloto da Academia na F1.

“Estamos felizes por confirmar Caio como piloto da Renault Sport Academy. O Brasil tem uma história de respeito com diversos pilotos de corrida reconhecidos mundialmente e o Caio tem todos os diferenciais para manter esta tradição. Ele é um dos grandes talentos que temos na Academia da marca, com um excelente percurso nas provas de kart, tendo feito uma transição impressionante para as corridas monoposto, que culminou com sua vitória na Fórmula 4 Francesa. Estamos ansiosos para trabalhar com ele e em parceria com sua equipe na All Road Management nos próximos anos e utilizar o trampolim da Academia para projetar sua carreira nos esportes a motor”, diz o diretor da Renault Sport Academy, Mia Sharizman.

O gerenciamento da All Road é de Nicolas Todt, também empresário de vários pilotos que chegaram a F1, com exemplo recente de Charles Leclerc (que será piloto da Ferrari em 2019) e de Felipe Massa – que é só elogios para Caio Collet. “Não tenho dúvidas de que ele é o nome mais forte para chegar na F1 e representar bem o Brasil”, diz Massa.