Confira as curiosidades das indicações para o Globo de Ouro

A 1ª indicação de Julia Roberts por um papel para a televisão e 2 musicais disputando melhor filme são algumas das curiosidades

A primeira indicação de Julia Roberts por um trabalho para a televisão e a presença de dois musicais – “Bohemian Rapsody” e “Nasce Uma Estrela” – na disputa pelo prêmio de melhor filme de drama são apenas algumas das muitas curiosidades da 76ª edição do Globo de Ouro.

– Julia Roberts chegou à décima indicação ao Globo de Ouro, mas à a primeira por um trabalho para a televisão, “Homecoming”, uma história de suspense que partia entre as favoritas, mas que só concorrerá em três categorias.

– Candice Bergen volta a concorrer por “Murphy Brown”, 23 anos depois da última indicação pelo trabalho mais popular da carreira, com o qual já ganhou dois prêmios em 1989 e 1992.

– Muitas estrelas do cinema estão concorrendo pelos trabalhos para a televisão. Além de Julia Roberts, estão na disputa Michael Douglas (“The Kominsky Method”), Amy Adams e Patricia Clarkson (ambas por “Sharp Objects”), Penélope Cruz e Edgar Ramírez (“The assassination of Gianni Versace: American Crime Story”), Antonio Banderas (“Genius: Picasso”), Benedict Cumberbatch (“Patrick Melrose”) e Hugh Grant (“A Very English Scandal”).

– Também concorre o veterano Robert Redford, aos 82 anos, na que pode ser a sua última atuação, no filme “The Old Man & The Gun”, que rendeu uma indicação ao prêmio de melhor ator de comédia ou musical. Caso vença, conquistará o sétimo Globo de Ouro da carreira.

– Entre os cinco filmes indicados a melhor drama há dois que são claramente musicais: “Bohemian Rhapsody”, sobre a trajetória do Queen, e “Nasce uma Estrela”, protagonizado por Lady Gaga e Bradley Cooper.

– A música é destaque na premiação deste ano. Lady Gaga está indicada como atriz e como cantora de “Shallow”, que compôs junto com Mark Ronson e que aparece entre as candidatas a melhor canção, categoria que também contará com Kendrick Lamar, Dolly Parton e Annie Lennox.

– “Pantera Negra”, o primeiro filme de um super-herói negro, se tornou também o primeiro filme de super-herói da Marvel indicado ao prêmio de melhor drama nos Globos de Ouro.

– Falando de inclusão, a série “Pose”, que inclui vários atores trans no elenco, foi indicada a melhor série dramática.

– Entre as ausências mais notáveis está Emma Stone, indicada como coadjuvante no filme “A Favorita”, mas não pelo papel em uma das séries mais menosprezadas desta edição, “Maniac”.

– Outra grande ausente da lista é Robin Wright, que parecia certo na disputa pelo protagonismo na última temporada de “House of Cards” após a demissão de Kevin Spacey pelas acusações de abuso sexual.

– “The Handmaid’s Tale”, que no ano passado levou o Globo de Ouro de melhor série dramática e melhor atriz (Elisabeth Moss), desta vez só aparece com as indicações de Moss, que tentará repetir o feito, e Yvonne Strahovski, que competirá como coadjuvante.

– Também ficaram fora do grande prêmio as séries “Westworld e “Atlanta”. Entre os filmes, a surpresa foi com a ausência de “Um Lugar Silencioso”, a estreia de John Krasinski na direção.