Como decorar a casa para agradar o seu animal de estimação

Você tem um pet e não sabe como aumentar o seu bem-estar e ainda manter a decoração da casa bonita e intacta? Confira nossas dicas

Os animais precisam de cuidados e também de um ambiente apropriado para viver. Isso passa pela arquitetura e o design da casa, que podem ser planejados com o objetivo de melhorar o bem estar dos bichos de estimação.

Veja também

Mas o que seria bom para garantir a felicidade e a segurança dos bichinhos e ainda deixar a casa bonita e limpa?

Confira abaixo dicas de como decorar com criatividade uma casa com animais de estimação. Isso inclui desde escolha de materiais mais resistentes, passando pela facilidade de manutenção e limpeza dos ambientes até alguns móveis desenhados para eles.

Dicas de decoração de casa com pet Dicas de decoração de casa com pet: portas podem permitir que o cachorro veja o movimento lá fora, ou dentro!

Dicas de decoração de casa com pet: portas podem permitir que o cachorro veja o movimento lá fora, ou dentro! (Viva Decora/Divulgação)

Decoração para pets Decoração para pets, em projeto de Liane Martins: estantes para gatos podem compor o ambiente

Decoração para pets, em projeto de Liane Martins: estantes para gatos podem compor o ambiente (Viva Decora/ Liane Martins/Divulgação)

Como montar e decorar um espaço pet em casa

Todo cachorro ou gato deve ter um local determinado dentro ou fora de casa para comer, beber e fazer as suas necessidades. Nesses espaços reservados, é possível colocar tigelas mais sofisticadas – de inox ou estampadas.

Mas a parte mais divertida é planejar as áreas de descanso e de brincadeira. Veja algumas ideias nas fotos a seguir:

Decoração da casa para pets: projeto da Casa Aberta Decoração da casa para pets: projeto da Casa Aberta investe em casinhas diferenciadas e plantas

Decoração da casa para pets: projeto da Casa Aberta investe em casinhas diferenciadas e plantas (Viva Decora/ Casa Alberta/Divulgação)

A decoração da casa é um dos “mimos” que os donos podem oferecer aos bichos. Com um pouco de dinheiro e criatividade, é possível elaborar um canto bonito e atrativo para acomodar o pet.

Decoração para casa com pet: projeto do Grupo ZIP: Arquitetos em movimento Decoração para casa com pet: projeto do Grupo ZIP: Arquitetos em movimento utiliza estantes para gatos

Decoração para casa com pet: projeto do Grupo ZIP: Arquitetos em movimento utiliza estantes para gatos (Viva Decora/ Grupo Zip/Divulgação)

Afinal, os bichos são como crianças: eles também querem ter um espaço para realizar suas peripécias com certa liberdade.

Decoração de casa com pet: projeto de Thaisa Camargo Decoração de casa com pet: projeto de Thaisa Camargo

Decoração de casa com pet: projeto de Thaisa Camargo (Viva Decora/ Thaisa Camargo/Divulgação)

Existem alguns jeitos de fazer um canto especial na casa misturando a decoração tradicional e itens de diversão de pets. Um exemplo são as estantes para sala de estar, que ganham percursos de escadas e trilhas de cordas para os gatos.

Decoração de casa para pet: projeto de Thaisa Camargo Decoração de casa para pet: projeto de Thaisa Camargo usa percursos diferentes para gatos

Decoração de casa para pet: projeto de Thaisa Camargo usa percursos diferentes para gatos (Viva Decora/ Thaisa Camargo/Divulgação)

Já os cachorros são mais “paradões” e gostam de passar boa parte do dia deitados. Nesse caso, uma alternativa é construir uma estrutura de pallet ou usar um pneu combinado com futton. Também é possível criar uma espécie de “toca”, forrada com travesseiro e sob uma escrivaninha, criado-mudo ou mesa auxiliar.

Decoração para casa com pet: projeto de Maria Eunice Fernandes Decoração para casa com pet: projeto de Maria Eunice Fernandes

Decoração para casa com pet: projeto de Maria Eunice Fernandes (Viva Decora/ Maria Eunice Fernandes/Divulgação)

Cuidados extras para adaptar a decoração

É necessário ter em mente que é impossível ter um pet em casa sem que haja, em algum momento, danos à decoração.

Uma hora vai aparecer um sofá rasgado, um tapete com pelos ou um pé de cadeira mastigado. Portanto, esses “acidentes” devem ser considerados na hora de comprar móveis e acessórios.

As poltronas e sofás ideais para casas com pets, por exemplo, são os com impermeabilização ou blindagem do tecido, além de tramas fechadas.

Há também alguns materiais mais duráveis, como brim, sarja, vinil e chenile, que são ótimas opções de revestimento para esses tipos de móveis. Escolher uma delas ajuda a solucionar rapidamente muitos imprevistos, garantindo uma limpeza eficiente.

Decoração de casa com pet: projeto da Casa Aberta Decoração de casa com pet: projeto da Casa Aberta utiliza tapete de sisal

Decoração de casa com pet: projeto da Casa Aberta utiliza tapete de sisal (Viva Decora/ Casa Aberta/Divulgação)

Capas e mantas são alternativas que podem sair mais em conta; é só botar na máquina de lavar.

Certas manias do animal, como fazer xixi em lugares indevidos, pode sujar os tapetes da sala de estar. Por isso, o ideal são peças de tecido sintético com fios curtos ou sisal.

Alguns bichos têm o hábito de esfregar o corpo nas paredes. Nesse caso, pintar ou forrar de papel as superfícies com cores mais escuras e com materiais que possam ser bem higienizados ajuda a disfarçar a sujeira. Alguns exemplos são tintas acrílicas foscas ou acetinadas e papéis feitos de vinil.

Decoração de casa com pet Decoração de casa com pet utiliza estante para gatos em formato de árvore

Decoração de casa com pet utiliza estante para gatos em formato de árvore (Viva Decora/Divulgação)

Em geral os gatos têm mania de derrubar as coisas no chão. Portanto, guardar objetos frágeis ou pontiagudos em armários fechados evita acidentes.

Cachorros podem adorar se jogar contra janelas. Isso não dá certo em uma casa com cortinas de linho ou voil, mais delicadas e que podem rasgar.

Decoração para casa com pet: projeto da Marlette Lima Decoração para casa com pet: projeto da Marlette Lima

Decoração para casa com pet: projeto da Marlette Lima (Viva Decora/ Marlette Lima/Divulgação)

Além das paredes, o revestimento de piso pode ser outro problema para quem esteja decorando uma casa com pet. Geralmente, é difícil disfarçar o excesso de pelos no chão.

Cores claras camuflam melhor a sujeira, a não ser que o animal tenha pelo escuro. Pisos de madeira, mesmo a laminada, podem se deteriorar rapidamente. Então, o que escolher?

O mais indicado para uma casa com pet é o piso cerâmico ou porcelanato. Só há uma ressalva, as peças não podem ser muito lisas, pois podem ser escorregadias para as patas de cachorros e gatos, dificultando a locomoção dos animais.

Existem muitas alternativas para conciliar a beleza de sua casa com os cuidados de seu pet. Basta saber escolher os materiais e os móveis certos, além de tomar pequenos cuidados.

Estas dicas para decoração de casas com pets foram criadas pela equipe Viva Decora.